benefícios flexíveis

Benefícios flexíveis: qual a sua importância?

Os benefícios oferecidos por uma empresa representam um dos principais atrativos para os talentos que disputam as vagas do mercado. Por muito tempo, as corporações mantiveram um pacote padrão que normalmente incluía o plano de saúde, o vale-transporte e o vale-alimentação, mas isso vem mudando com a criação dos benefícios flexíveis.

Eles podem ser um grande diferencial para a motivação dos funcionários sem necessariamente onerar o orçamento da organização. Neste conteúdo, explicamos como esse sistema funciona em empresas inovadoras, quais as vantagens que ele oferece e dicas de como implementá-lo. 

Confira e entenda como os benefícios flexíveis podem ajudar a aumentar a produtividade na companhia!

O que são os benefícios flexíveis?

Considerando que os benefícios oferecidos são um diferencial para a retenção de talentos e para a produtividade do trabalho, empresas vêm obtendo bons resultados ao substituírem os tradicionais pacotes pelos modelos flexíveis.

Nesse tipo de sistema, estabelecendo critérios para a escolha dos benefícios, a companhia pode oferecer uma maior variedade de vantagens que contemplam diferentes perfis de funcionários. Dessa forma, a gestão de RH se torna mais simples e a satisfação dos colaboradores aumenta.

Portanto, podemos elencar como principais vantagens dessa prática:

  • o aumento na produtividade da equipe;
  • a atração e a retenção de talentos;
  • a personalização de benefícios;
  • a melhor gestão de RH.

Com a precificação de uma série de benefícios a serem escolhidos e um valor a ser utilizado para cada faixa salarial, os funcionários podem escolher por quais serviços optar. Entre outros, a empresa pode oferecer:

  • plano de saúde;
  • plano odontológico;
  • vale-cultura;
  • vale-transporte;
  • vale-alimentação;
  • auxílio creche;
  • previdência privada.

Como investir em benefícios flexíveis?

Os passos descritos a seguir ajudarão a empresa na sua transição para os benefícios flexíveis. Veja!

Trace os objetivos da companhia

O primeiro passo para criar um plano de transição dos benefícios tradicionais para os flexíveis será definir quais são os objetivos da organização com a mudança. Estabelecendo-os, ficará mais simples saber em quais tipos investir, como fazer a implementação e quais são os resultados esperados. 

Consulte os funcionários

Para que a transição seja bem-sucedida e atinja os objetivos definidos, será essencial fazer pesquisas com os funcionários. Isso tornará mais claro qual o perfil de cada equipe de trabalho e o que elas esperam de um pacote de benefícios. Dessa forma, as chances de rejeição à mudança caem drasticamente.

Eleja as opções de benefícios

Com as informações obtidas nos passos anteriores, é hora de eleger e avaliar a viabilização do pacote de benefícios. O grande desafio nesse momento é montar pacotes de serviços diferentes, mas com valores equivalentes. Assim, é claro, vale comparar opções distintas de fornecedores que se pode encontrar. 

Oriente as equipes

Com os pacotes de benefícios definidos, é preciso criar um plano de implementação que oriente as equipes de trabalho de forma adequada. Manter os funcionários bem informados sobre a mudança e explicar bem como funcionaram os critérios para a escolha é essencial para garantir a colaboração.

Por fim, já com a mudança em andamento, será a hora de ficar atento ao desenvolvimento da empresa com a estratégia. Acompanhar índices e métricas de desempenho e de satisfação ajudará, por exemplo, a entender exatamente quais os efeitos dos benefícios flexíveis na produtividade e no engajamento dos profissionais.

Este post foi útil? Pois saiba que, além dos benefícios flexíveis, existem outras formas inovadoras de aumentar a produtividade das equipes de uma corporação. Então, aproveite e confira o nosso conteúdo especial sobre produtividade em empresas.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.