cybersecurity

Cybersecurity: veja 6 ações que devem ser implementadas na empresa

Cybersecurity é a proteção dos sistemas computacionais contra danos ao hardware ou roubo de dados e ativos eletrônicos, também incorrendo na desorientação ou interrupção dos serviços digitais.

Nos dias de hoje, boa parte das empresas trabalha com grande quantidades de dados, correndo riscos reais de serem vítimas de ataques de cybercriminoso, acesso de pessoas não autorizadas, fraudes e muitas outras práticas que possam trazer problemas para as organizações.

Por conta disso, implementar ações de cybersecurity não é apenas uma simples proteção, é algo fundamental para garantir a sobrevivência de uma empresa, visto as pesadas multas por vazamentos a que todas as organizações estão sujeitas. Mas não se preocupe, vamos listar algumas delas para você!

1. Avalie os sistemas

O primeiro passo, quando pensamos em segurança da informação, é avaliar os sistemas que estão em uso dentro de sua empresa, afinal, não é possível aplicar ações em todos ao mesmo tempo, é preciso estabelecer prioridades.

A avaliação deve levar alguns critérios em conta, como por exemplo, a sensibilidade dos dados que trafegam e são processados dentro de cada sistema, seu grau atual de segurança e níveis de acesso para utilizá-lo.

Os que são considerados como de maior risco, devem ser os primeiros a serem protegidos com as demais ações listadas neste post.

2. Gerencie o acesso

Nem todos os usuários dentro de uma rede devem ter acesso a todas as informações dos sistemas utilizados dentro da empresa. Até mesmo dentro de um software, a navegação deve ser limitada de acordo com a posição de cada usuário dentro da organização.

Isso limita as chances de um hacker utilizar de suas habilidades em engenharia social para obter senhas e ter acesso à todas as informações sensíveis de uma empresa.

3. Implemente soluções de segurança

Existem várias soluções de segurança da informação no mercado hoje, sendo que alguns exemplos a criptografia, VPN, antivírus, entre outras tecnologias fundamentais para garantir a proteção dos dados de uma organização.

4. Atualize as novas tecnologias

Uma das principais falhas da maioria das empresas e uma das portas prediletas dos criminosos para ataques são as tecnologias legadas, ou seja, aquelas que deixaram de ser atualizadas e contém determinadas falhas conhecidas.

Dessa forma, eles não precisam nem ao menos se esforçar para encontrar uma falha, já elas são de conhecimento público, facilitando o ataque e roubo de dados.

Para evitar esse tipo de coisa é fundamental manter todos os sistemas atualizados e também os dispositivos que acessam as aplicações.

5. Crie uma política de segurança

Sua empresa deve criar, manter e divulgar a política de segurança entre os colaboradores, criando uma cultura de proteção e uma rotina a ser seguida por todos eles.

Algumas dicas interessantes para inserir nessa política seriam o uso de senhas fortes, nunca comunicar usuário e senha por e-mail, não realizar instalações particulares nos dispositivos da empresa, entre outras ações de segurança.

6. Invista no treinamento das pessoas

Por fim, uma das principais dicas para a cybersecurity dentro de uma organização é treinar os colaboradores. Eles sempre serão a maior vulnerabilidade, uma vez que não adianta investir milhões em sistemas de segurança se o usuário entrega para um desconhecido suas credenciais.

Chegamos ao fim deste post e esperamos que as dicas reunidas aqui possam facilitar a sua jornada em direção à cybersecurity de sua empresa. Lembrando que sempre é importante continuar buscando informações e novas tecnologias de segurança.

Fique por dentro das novidades nos seguindo no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.