escalabilidade

4 dicas para ter um negócio com maior escalabilidade

Quem cria um negócio enfrenta inúmeros desafios para alcançar o sucesso. Eles podem ser: atrair investimentos e aumentar a margem de lucro de seu empreendimento. A realidade é que algumas empresas estão mais propensas a atingir tais objetivos com maior facilidade do que outras. Isso por conta de um fator chamado escalabilidade.

Mas como isso é determinado? Simplificando, a escalabilidade funciona como um indicador de potencial de crescimento do negócio ao mostrar para os investidores que há poucas incertezas rondando o negócio, além de ser uma garantia de rendimentos altos no futuro. Se você quer saber mais sobre o assunto, então não deixe de ler este artigo!

Entenda o que é escalabilidade

A escalabilidade pode ser definida como a capacidade de um empreendimento de expandir sua produção e, consequência, os lucros, sem precisar aumentar os custos de forma proporcional. Para tanto, o modelo de produção adotado pela empresa precisa ser escalável, ou seja, apresentar um potencial de crescimento enorme.

Para o modelo de uma organização ser classificado como escalável ela precisa apresentar 3 características básicas. São elas:

  • ensinável: pode ser ensinável a qualquer pessoa, sobretudo aos funcionários;
  • valioso: agrega valor à empresa;
  • replicável: poder ser facilmente reproduzido.

Torne sua empresa escalável

A escalabilidade está intimamente conectada à economia, entretanto, a ideia por trás dela não é nada complexa. Para um modelo de negócio ser definido como escalável, ele precisa abranger certas características. São elas:

  • alta demanda de mercado;
  • modelo de negócio ampliado;
  • padronização do produto;
  • método de produção ensinável;
  • automatização de processos.

Confira 4 dicas para tornar um negócio escalável

Com relação a tornar um negócio escalável, há certas práticas que podem ser aplicadas. A seguir apresentaremos 4 dicas que te ajudarão a implementar esse modelo na sua empresa:

1. Concepção de um objetivo

Estabelecer metas realistas é fundamental. Ao definir certos objetivos para cada equipe e departamento da organização, você torna o crescimento possível, porque sem crescimento não há escalabilidade. Diante disso, o primeiro passo a ser feito é garantir a evolução da empresa.

2. Validação da estratégia

Sem um setor de vendas eficiente e uma boa estratégia de marketing, o crescimento do negócio não passará de um mero desejo. Entretanto, você precisa escolher a estratégia adequada ao tamanho de sua empresa. Por exemplo, não adianta elaborar um planejamento super sofisticado para um empreendimento pequeno, que tenha um quadro de funcionários reduzido.

3. Digitalização de processos

É importante adotar uma estratégia de digitalização. Transformar processos físicos em digitais. Identificar operações que custam muito dinheiro e encontrar soluções para convertê-las em atividades menos onerosas, tendo em mente a digitalização.

4. Melhoramento contínuo

Buscar melhorar e inovar todos os dias é fundamental. Porém, a inovação não pode perder a essência da escalabilidade. Em suma, se ela exigir custos adicionais que sejam proporcionais aos rendimentos obtidos, a escalabilidade não fará mais sentido.

A escalabilidade não é muito difícil de alcançar quando você sabe como encontrá-la. Atualmente, com o avanço da tecnologia e os especialistas que sabem como usá-la, essa prática é mais fácil de implementar do que nunca. Apenas se certifique de que seu negócio esteja pronto quando o crescimento chegar.

Se você busca crescer no mercado e procura por soluções simples para sua empresa, entre em contato com a gente!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.