o que é 5g

O que é 5G e quais as mudanças que ela pode trazer ao mercado? Veja agora!

Se você acompanha as notícias sobre tecnologia e telecomunicações, provavelmente sabe que é esperada a chegada da 5G ao Brasil. No entanto, você sabe o que é 5G e o que vai mudar na prática?

Para ajudá-lo a entender o que esperar dessa novidade e quais serão os seus reflexos, principalmente no contexto das empresas, preparamos este conteúdo. Continue a leitura para descobrir o que é 5G, como será a sua implementação e qual será o impacto para o mundo corporativo. Boa leitura!

O que é 5G?

Assim como as suas predecessoras, a 5G é uma evolução dos serviços de telefonia que usamos para fazer ligações e acessar a internet com os nossos celulares e outros dispositivos. Sendo a quinta geração de tecnologia para conectividade de rede móvel, ela é precedida pela 3G e pela 4G, que são usadas em grande parte do país.

Na prática, a cada geração, houve um aprimoramento na qualidade das conexões que usamos. Enquanto a 1G e a 2G permitiam o uso da rede para realizar ligações e enviar SMSs, a 3G e a 4G tornaram possível acessar a rede de internet de qualquer localização com cobertura de sinal. 

Portanto, a 5G promete uma conexão ultraveloz, com taxas de download entre 600 Mbps (megabytes por segundo) e 2 Gbps (gigabytes por segundo). Desse modo, o novo padrão de rede entrega muito mais velocidade e estabilidade se comparado à taxa média de 20 Mbps das redes 4G.

Ela promete fornecer uma rede com a qualidade necessária para expandir e aprofundar algumas das transformações tecnológicas e digitais mais recentes. Aparelhos, dispositivos e estruturas que combinam Inteligência Artificial, Big Data, computação em nuvem e Internet das Coisas devem ganhar mais força com a implementação da 5G em cada vez mais países.

Como será a implementação da 5G?

A 5G já está presente em alguns países desde 2019 e é esperado que a lista aumente consideravelmente em 2021. Até o momento, os países que já utilizam o novo padrão de rede são:

  • Coreia do Sul;
  • Estados Unidos;
  • China;
  • Espanha;
  • Japão;
  • Suíça;
  • Reino Unido.

No Brasil, a chegada era esperada para o ano de 2020. Contudo, devido à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus e em razão de outros fatores políticos e econômicos, agora, é aguardada para 2021.

O fato é que, ainda este ano, as operadoras de serviços de telecomunicações devem começar a oferecer planos utilizando o novo padrão. No entanto, é provável que esses planos tenham valores mais caros, levando mais algum tempo para que se tornem acessíveis para a maior parte da população.

O grande público-alvo das operadoras como primeiros clientes 5G será composto de empresas. Por isso, a seguir, explicaremos os impactos esperados no contexto corporativo.

Qual será o impacto da tecnologia 5G para as empresas?

Em um universo profissional em que os nichos de mercado dependem cada vez mais das redes de internet para realizar operações diárias, a tecnologia 5G deve trazer avanços consideráveis. A seguir, apresentaremos, dentro das principais novidades tecnológicas recentes, qual será o seu impacto no contexto das organizações.

Velocidade, estabilidade e cobertura

Devido a uma maior velocidade e à estabilidade oferecida, a rede 5G poderá ser utilizada para uma gama maior de atividades que dependem de uma boa conexão com a internet. Cirurgias remotas, diagnósticos inteligentes e máquinas controlando máquinas são apenas alguns exemplos de como a velocidade e a estabilidade da tecnologia devem transformar certas áreas profissionais.

A cobertura, no entanto, pode ser considerada o ponto de vulnerabilidade. A princípio, ela ficará limitada às grandes cidades e aos centros urbanos.

Processamento em nuvem

A computação em nuvem já é uma tecnologia muito difundida e usada no contexto de empresas. Com a chegada da 5G, é esperado que mais tecnologias atinjam outro patamar, como o processamento em nuvem. Na prática, certas aplicações e alguns processos, que dependem de uma alta transmissão de dados, superior à alcançada pelas redes móveis que usamos, poderão ser executados com conexões 5G.

Esse avanço é especialmente importante para colocar em prática novidades muito esperadas, como o desenvolvimento de carros autônomos e uma maior interatividade entre dispositivos, objetos e espaços totalmente integrados à internet.

Internet das Coisas

Embora a Internet das Coisas ainda seja um conceito pouco compreendido pela população em geral, ela está cada vez mais presente no nosso dia a dia. Basicamente, ela é uma tendência de tecnologia que promete integrar diferentes dispositivos, objetos e até mesmo lugares de forma inteligente por meio da conexão às redes de internet.

Hoje, já existem, por exemplo, casas automatizadas e inteligentes, onde diferentes objetos e eletrodomésticos, como geladeira, ar-condicionado, luzes e sistemas de som e segurança, estão integrados pela internet e pelo processamento em nuvem e são controlados em uma plataforma centralizada, baseada em computação em nuvem. Assim, em um futuro próximo, as redes 5G permitirão um avanço ainda maior da Internet das Coisas, que poderá ser implementada em espaços públicos, comerciais e empresariais.

Segurança

Contando com a Inteligência Artificial, a Computação em Nuvem e a Internet das Coisas, a tecnologia 5G também vai garantir um aprimoramento nos protocolos de segurança. Com isso, algumas práticas, como o rastreamento e o acompanhamento de rotas em tempo real, se tornarão mais comuns em empresas de diferentes segmentos. 

Desse modo, é possível dizer que empresas que investirem em 5G poderão promover um avanço de toda a logística de operação dos seus negócios. Portanto, podemos esperar que as áreas mais afetadas no mercado pela chegada da novidade serão:

  • a de transportes ― com a criação de carros autônomos e o monitoramento inteligente de rotas e de tráfego;
  • a da indústria ― com a automação e a robotização em fábricas e o avanço da indústria 4.0;
  • a da saúde ― com a realização de cirurgias remotas e diagnósticos inteligentes;
  • a de telefonia ― com o oferecimento de planos de cobertura 5G e o avanço da tecnologia em diferentes cidades e países.

Com isso, podemos concluir que a 5G deve acelerar alguns avanços tecnológicos esperados, principalmente no contexto das indústrias e do comércio. Todavia, a popularização da tecnologia para a maior parte dos usuários de serviços de telecomunicações ainda deve levar alguns anos para se concretizar.

Se você fez a leitura até aqui, já entendeu o que é 5G e quais as principais mudanças esperadas com a sua chegada ao mercado. Que tal levar essas informações para mais pessoas e mostrar para colegas e colaboradores como a 5G deve impactar as atividades do mercado nos próximos anos? Então, compartilhe agora mesmo este conteúdo nas suas redes sociais!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.